Fungo de Boca, Algodão Aftosa


Doença  causada por uma bactéria (Flexibacter Columaris), causando  lesões que facilitam a instalação  deste fungo que causa o aparecimento de pequenos filamentos ou tufos de "algodão", nos lábios e na boca dos peixes, é comum a ocorrência simultânea de fungos.  A doença do fungo de boca não é tão comum  como a doença da mancha ponto, mas é altamente infecciosa e contagiosa quanto.
Os peixes infectados  com o fungo Flexibacter perdem seu apetite  e seu movimento, se nenhum tratamento  for aplicado, a peça frontal de toda cabeça pode ser comida resultando na morte do peixe. A doença  ataca  principalmente peixes vivíparos e é geralmente causada  por má manutenção ou subpopulação.



TRATAMENTO:

           1- Primeiramente e de suma importância, verificar e melhorar  a qualidade da água,
           2- Tratar com anti-bactéria e não com anti-fungo, ou com medicamento a base de permanganato de potássio,
           3- Colocar o peixe em um aquário "hospital" e fazer tratamento preventivo no aquário principal.

PS: Muitas vezes aquaristas inexperientes  tratam a doença de fungo de boca  pelo  nome sugestivo ou que indique fungo como tal e não como bactéria, DOENÇA DO FUNGO DE BOCA É CAUSA  POR ACÕES DE BACTÉRIAS E NÃO POR FUNGO... Diferente da Saprolegniose ou "doença do algodão", onde esta sim é causada por um fungo (saprdegmia sp, achivas sp, lchthyosporidium sp), onde o peixe apresenta tufos semelhantes a algodão na  superfície do corpo  ou nadeiras, onde muitas vezes  ocorrem perda de escamas diferente da doença do fungo de boca que ocorre logicamente na boca.

MEDICAMENTOS: Como todo e qualquer medicamento aplique somente com indicação do seu aquarista  seguindo sempre o recomendado  na bula do mesmo.

LABCON BACTER
Modo de Usar e Via de Aplicação:Uso externo, através de banhos de tratamento. Dissolva o conteúdo da(s) cápsula(s) na água do aquário. Para melhor diluição, dissolva previamente o conteúdo da(s) cápsula(s) em um copo com água, aplicando a seguir a solução no aquário a ser tratado. Não armazene solução para aplicações posteriores. A aplicação deve ser imediata após a preparação. Descarte as cápsulas vazias. Trate os peixes preferencialmente em aquário hospital, para não haver ação do medicamento sobre as bactérias do filtro biológico. Durante as primeiras 8 horas após a aplicação, suspenda a filtragem, sem desligar o oxigenador. Em geral os sistemas de filtragem funcionam associados à oxigenação. Se não for possível desconectar o oxigenador do sistema, então não desligue a filtragem
Dosagem:Aplique o produto na proporção de 1 cápsula para cada 12,5 litros de água. Repita as aplicações a cada 24 horas durante 5 dias, preferencialmente após rápida sifonagem de fundo e troca parcial de água. Caso seja necessário novo tratamento, garanta um intervalo mínimo de 15 dias entre os tratamentos.
Ponto de vista:  Pouco eficiente, desistabiliza muito o aquário, (acaba com as colônias benéficas).


BACTERICIDA E FUNGICIDA ATLANTYS

Destina-se à prevenção de infecções bacterianas e de fungos, de ocorrência comum em aquários de peixes tropicais. Este produto foi desenvolvido com a finalidade de tratar com ação rápida e eficiente, as infecções causadas por bacterias e fungos.
Medicamento de amplo espectro para o tratamento bactericida e fungicida em peixes de aquários de água doce. 

Modo de usar
20 gotas para cada 30 litros de volume do aquário.
Ponto de vista: Eficiente, apresenta coloração esverdeada.



AZZO ANTI BACTERICIDA: 


Azoo Anti-Bactérias PÓ irá impedir o seu peixe efectuada a partir de doenças internas externas causadas por bactérias Gram positivas e negativas. infecções externas bactérias, tais como: cauda e barbatanas, septicemia bactérias e vermelhidão ao redor da boca. Qual das infecções internas são hidropisia, protrusão escala, exoftalmia doença, desperdiçando e tuberculose.
 Ponto de vista: muito eficiente



IMPORTANTE: Se você utiliza filtro externo ou interno RETIRE sempre o carvão ao adicionar qualquer medicamento para que o mesmo não faça a filtragem química.


Abraços
Juci Diass



5 comentários:

  1. Maria disse...:

    Adorei o blog :)

  1. Blog Teia disse...:

    Olá Moça Ruiva dos olhos azuis( Não lentes é claro ).
    Sabe quem sou eu?Você me chama de "bixin de pé" e de "coisa ruim".
    Adorei seu blog,aqui em casa tem uma carpa que não para de crescer e está a coisa mais linda!!!Vou passar sempre por aqui pra ver as novidades.
    Até mais

  1. BEATRIZ disse...:

    P0R FAVOR PRECISO DE AJUDA.O PEIXE BETA DO MEU FILHO ESTÁ DOENTE E COMPREI O BACTERICIDA E FUNGICIDA ATLANTYS E ESTOU C/ DIFICULDADE PARA CALCULAR A DOSAGEM,POIS O AQUÁRIO DO BETA É CIRCULAR DE 2 LITROS.POR FAVOR SOCORRO!

  1. Jucifer disse...:

    Olá Beatriz
    Bem eu não indicaria este medicamento para uma betteira por ser muito concentrada, teria sido melhor ate tu ter comprado o Aqualife da Alcon.

    Bem a unica dica que posso lhe dar é a em relação a outro medicamento especifico para bettas que se chama BettaFix que é um tratamento único e patenteado antibacteriano formulado especialmente para Bettas, no qual tu vai usar 1 gota de BettaFix por litro de água. Repita a dosagem diariamente por 7 dias, e depois faça uma troca de água. O tratamento deve der repetido caso seja necessário.

    Mas já vi e ouvi muitas história sobre Atlantys e por isso não recomendo, não para Betteiras

    Infelizmente o problema em relação não é so a dosagem mas a concentração e os danos q o produto pode causar ao seu betta por isso indico o tratamento com o BettaFix e nem me arrisco a lhe sugerir uma dosagem

    Espero ter ajudado de alguma forma
    Um Abraço

Postar um comentário